Quinta-feira, 30 de Dezembro de 2010

...

15ª edição - ano II - Dezembro de 2010

 

Olá, amigos! Bem-vindos!

 

Inevitavelmente, nesse período de fim de ano, costumamos fazer aquelas reflexões de sempre sobre nossas vidas pessoais e sobre o mundo, de um modo geral. E nessas reflexões sempre surgem as resoluções que pretendemos levar adiante no novo ano. Umas realizamos, outras vão sendo adiadas, ou mesmo canceladas. Mas qualquer que seja o destino dessas resoluções, o importante é que elas existam sempre, nem que seja apenas em nosso imaginário, para que continuemos acreditando que um mundo melhor é possível.

 

Um forte abraço a todos e um feliz 2011 !!!!

 

_______________________________________________________________________________________

 

 

Reivindicação

( Poesia feita a quatro mãos nº2 )

 

mãos

 

Reivindico o poema teu teu

Reivindico o seu mundo invisível

Reivindico o teu segredo

Reivindico o direito de te ver

Com todas as partes visíveis.

Para integrá-las ao meu texto.

 

Integre-me ao corpo do texto

 

Façamos um poema juntos, de corpos e letras, de letras encorpadas

De corpos, que sempre serão também letras.

 

Virtual e visual num leito só real e irreal

 

E com todas as nossas cores

 

E vozes

 

Vozes, vozes - som

 

Mais gosto mais gosto de sussurros

 

E cores, nossas cores - visão

 

Deste que chiam baixinho

Suta-que cari-oca

 

Daqueles que eriçam os pêlos

 

Pêlos baixinhos ouriçados

Arrepio

Sussurro e arrepio

 

Um sussurro, um sopro, um arrepio, um toque

 

E um cheiro

 

Um toque com a ponta da língua

E um cheiro

 

Cores, vozes, toque, cheiro gosto

 

E o cheiro de banho

A pele fresca...

 

Tomar água na pele do outro

 

Tomar o outro na água

 

Sentir o frescor da pele do outro

Ser a pele do outro

 

Ser o outro.

Ser um no outro.

 

Ser a pele do outro

O cheiro no outro

Ser o cheiro ser

Deixar o cheiro

Levar o gosto

 

O gosto

 

Simmm...

 

A boca do outro.

A língua do outro.

A respiração.

Ofegante.

 

Pra lembrar do cheiro, da cor do toque do som

 

As mãos que se dão pros corpos se darem

Enquanto os peitos se encostam

As mãos que se dão

 

Lençóis

  

É... As horas passam.

E eu te espero.

 

Espera meu cheiro? Ver meu cabelo?

Espera minha boca - som?

 

Espero você germe sendo... ...sussurro.

 

Espera minha boca - gosto?

 

Espero suas pernas trançadas

Espero o nosso nó.

 

Espera minha pele - cor?

Espera minha pele - sabor?

Espera beber água em mim?

 

Espero beber você.

 

Espera fazer de mim água?

 

Perfeito!!!!

 

Par feito.

 

 

[  Max Heleno  ]

_______________________________________________________________________________________  

 

 

estacoes 2

 

  

_______________________________________________________________________________________ 

  

 

Poema

 

rosto

 

Quando a noite chegar

Uma outra cara

Uma outra migalha

Uma outra agonia.

 

Contra a fibra o ferro

A entalhar na carne

Um novo rosto.

Opera a face com lâmina que não afeita

Nela é que se está despido

Como sente um poema

O bom de sua paráfrase.

 

Rapar a cara ou rasgar a glote.

 

[  Luiz França  ]

_______________________________________________________________________________________

 

publicado por Interseção às 18:49

link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Karla Carvalho a 2 de Janeiro de 2011 às 00:10
Mais uma vez obrigado e parabens meninos, que em 2011 todos os seus projetos e sonhos se realizem! bjs
De Interseção a 3 de Janeiro de 2011 às 16:49
Olá, minha amiga querida!

Mais uma vez, obrigado por suas palavras e pelo seu incentivo de sempre. Que 2011 seja um ano feliz para você também e que estejamos sempre juntos para continuar levando arte às pessoas.

Um beijo grande!
Marcelo

Comentar post

visitantes

Contador de visitas

Quem somos

a gênese(1)

luiz frança(1)

marcelo souza(1)

máximo heleno(1)

todas as tags

Edições anteriores

Dezembro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009